Translate

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Abigail (ISm25)

   Abigail é um exemplo admirável de mulher. Imagino-a como uma mulher mansa, calma, mas de raciocínio rápido, delicada, mas também cheia de atitude, bonita não só por fora, mas principalmente por dentro.
   Como deve ter sido difícil para ela viver ao lado de um homem rude e mau. Sim, pois a Bíblia é enfática: Nabal era mau. 
   Ter a vida ligada a um homem bom já não é nada fácil, pois o casamento é um oceano de incertezas, que dirá então estar ligada a um homem mau por um dos laços mais fortes das relações humanas. A Bíblia diz que, ao se unirem, o casal se torna uma só carne. Se tornar uma carne com uma pessoa como Nabal poderia ter gerado muitas amarguras para a vida de Abigail. Ela poderia ter se tornado uma mulher extremamente pessimista, depressiva e desagradável. Mas não foi o que aconteceu.
   Ela não se deixou dominar por todo o mau que estava à sua volta. A sua comunhão com Deus era suficiente para enchê-la de amor e sensibilidade a ponto de se importar com o bem estar dos outros. Ela não era agradável por causa das coisa externas e sim porque algo foi realizado dentro dela e daí evidenciado e exteriorizado.
   Quando Nabal recebe um pedido de Davi responde com extrema arrogância, mesmo sabendo que Davi havia guardado seus rebanhos evitando que Nabal sofresse perdas:"Quem é Davi, e quem é o filho de Jessé?...Tomaria eu,pois,o meu pão, e a minha água, e a carne das minhas reses que degolei para os meus tosquiadores e o daria a homens que eu não sei de onde vem?"(ISm25:10,11).
   Davi fora ungido rei em lugar de Saul, porém ainda não havia chegado o tempo de assumir o reino. Sua popularidade fez com que Saul o invejasse ao ponto de procurar matá-lo, fazendo, assim, com que ele tivesse que fugir para salvar sua vida. É nesse momento que Davi faz um pedido a Nabal e recebe essa resposta rude. Davi, então se dispõe a subir o Carmelo (local em que Abigail e Nabal moravam) para guerrear. A atitude de Davi deve ser entendida dentro desse contexto no qual ele estava vivendo: fugindo,ameaçado de morte, acuado.
   Davi já havia trilhado caminhos muito difíceis: fingira-se de louco para Aquis (ISm 21:10-15); escondera-se na caverna de Adulão (ISm 22:1,2); todos os sacerdotes de Nobe foram assassinados por tê-lo ajudado (ISm 22:6-19); fora perseguido por Saul no deserto de Zife (ISm 23).
   Davi estava encurralado, coagido e num momento de extrema pressão psicológica e espiritual quando recebe a resposta rude de Nabal. Então decide subir o Carmelo para destruir tudo.
   Mas, não é à toa que a Bíblia diz que a mulher sábia edifica a casa (Pv 14:1).
      Abigail:

  1. Não ficou passiva diante da tragédia anunciada (vv.18);
  2. Tomou uma atitude de ir ao encontro de Davi (vv.18-20);
  3. Tomou provisões (dádivas, presentes)(v.18);
  4. Humilhou-se (v.23);
  5. Deu um bom conselho para Davi (vv.24-31);
  6. Livrou sua casa do mal (v.35).
   Com nossas atitudes podemos também evitar que o mal alcance nosso lar. Às vezes passamos muito tempo reclamando e esperando que os outros mudem. Mas a mudança primeiro precisa ser operada dentro de nós. Quando isso acontece, quando permitimos que Deus nos torne "agradáveis", podemos ser usadas como instrumento de libertação e geração de milagres.
     
                                                 Té mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!