Translate

terça-feira, 17 de junho de 2014

Eu quero o futuro que Deus quer me dar

   "Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração" (Jr 29:11-13).

   Venho de duas semanas absolutamente corridas, em que nem tive tempo de escrever nada aqui no blog. Mas foram dias de muito aprendizado e que resultaram em muitas bênçãos. E, nesses dias, esse texto de Jeremias falou forte ao meu coração.São versículos que, desde a minha adolescência, marcam muito a minha vida toda vez que os leio. São daqueles que levam à meditação instantaneamente (pelo menos comigo é assim).
   No capítulo 29, jeremias escreve uma carta aos que estavam no exílio babilônico (Nabucodonosor já havia invadido Judá duas vezes e levado pessoas para o cativeiro na Babilônia, em 605 a.C. e em 586 a.C.). Alguns falsos profetas haviam se levantado e anunciavam uma falsa paz: "Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos que sonhais" (Jr 29:8). Tais "profetas" proclamavam a vitória de Judá e o retorno dos cativos à sua terra natal, mas a palavra de Deus acerca do cativeiro era muito clara: ele iria acontecer (Jr 29:10). Para os judeus era inconcebível imaginar que Deus permitiria que eles fossem afastados de Jerusalém, mas era exatamente esse o plano de Deus para eles. 
   Mas aí, chega o versículo 11 e Deus diz através do profeta: "Eu sei que pensamentos penso de vós". Deus mostra aos exilados que está no controle da história o tempo todo. Ainda que por um momento tivessem que passar pela aflição do exílio, o fim que Deus havia planejado iria se cumprir e eles voltariam para o lar no tempo determinado e com uma experiência ainda mais profunda com Deus.
 É claro que o que os levou ao cativeiro foi o seu próprio pecado, o afastamento de Deus, a idolatria, mas mesmo sem termos cometido pecado algum também passamos por momentos difíceis. E, às vezes, nem sequer conseguimos entender o porquê de algumas situações, mas quando vejo Deus dizendo que os pensamentos dele nunca são para o nosso mal, me sinto confortada e em paz. É esse tipo de paz que Jesus promete-nos: a paz que o mundo não pode proporcionar (Jo 14:27). E ao perceber que os pensamentos de Deus são mais altos do que os meus (Is 55:8,9), que Ele já sabe o final da história, eu posso então declarar que: Quero o futuro que Deus quer me dar. 

Paz e até!
   

10 comentários:

  1. Nossa que lindo amiga... eu entendi que: Temos que entregar nossa vida a Deus cegamente sem questionar pois se ele permitiu que algo acontecesse nas nossas vidas é porque com certeza vai nos ajudar de alguma forma :) bjos amiga você faz falta viu

    ResponderExcluir
  2. Oh glória! Já estava preocupado, fez falta hein!
    Que benção que está tudo bem, e como diz o texto de Gênesis 1.31. "tudo que Deus faz é bom..."
    Deus abençoe
    Pastor Ismael

    ResponderExcluir
  3. A paz irmã ! Vim aqui retribuir a sua visita ao meu canitnho ! Amei o seu blog, e vou passar sempre por aqui ! Beijos e fique na paz :)

    ResponderExcluir
  4. Danilo e Pastor Ismael, eu estava literalmente na prova fazendo prova, mas deu tudo certo:)

    ResponderExcluir
  5. Tudo que o Senhor nos permite passar é para a glória dele, para nosso aperfeiçoamento!
    Lindo seu texto.

    ResponderExcluir
  6. Paz do Senhor este blog é uma benção.
    Já estou seguindo.

    Abraços

    Carlos Hamilton
    www.mesadeconversa.com

    ResponderExcluir
  7. Como diria o cantor Fernandinho: Deus tem o melhor pra nós.

    ResponderExcluir
  8. Deus já nos abençoou com toda sorte de benção,todos que se portão com filho vive tudo isso..
    Deixo meu carinho e paz.
    http://reginaladydapaz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!