Translate

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Visão de Deus (Is 6:1-9)

 
 Isaías exerceu seu ministério profético durante mais de 40 anos (740 a.C.-680 a.C.), durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá (Reino do Sul).
   Ficou conhecido como profeta messiânico devido a grande quantidade de profecias relacionadas ao Messias. Uma peculiaridade do livro de Isaías é que ele é considerado uma Bíblia em miniatura, pois contém 66 capítulos que podem ser divididos em duas seções:1-39 correspondendo aos temas principais do Antigo Testamento; e 40-66 correspondendo aos temas do Novo Testamento.
   O capítulo 6 relata o chamado  de Isaías para exercer o ministério profético:
  1. Uzias fora um bom rei e o seu reinado fora muito próspero e abençoado por Deus até o dia em que deixou a soberba tomar conta do seu coração,cumprindo-se nele o texto que diz que "o orgulho precede a queda" (Pv 16:18;18:12). Uzias resolveu entrar no templo do Senhor para queimar incenso no altar do incenso, função que competia exclusivamente aos sacerdotes que eram consagrados para queimar incenso e, por essa atitude, Uzias foi atacado de lepra até o dia da sua morte (II Cr 26:16-21). É no ano da morte desse rei que Isaías tem uma visão da glória de Deus (Is 6:1).
  2. Ao ver a santidade, autoridade e poder de Deus, Isaías vê sua própria miséria (v.5):
  • Lábios impuros (contaminação) - Ele percebe que seu estilo de vida era totalmente contrário à vontade de Deus e que havia, mesmo sem perceber, adquirido para si os hábitos dos que estavam ao seu redor.
  • Estou perdido - Ele sente o desespero diante da constatação de que era um homem contaminado pelo pecado. 
      A percepção que Isaías tem de si mesmo quando vê a glória de Deus, traz uma atitude de reconhecimento de seus erros.Ele foi confrontado com o que estava errado em sua vida.Isso nos leva a entender que quanto mais nos aproximamos de Deus mais somos confrontados com nossos erros e sentimos a necessidade de mudança.Isaías sentiu-se desesperado ao ver o quão distante estava do padrão de santidade de Deus.Muitos por aí dizem ter tido um encontro com Deus, mas permanecem nos mesmos pecados, continuam nas mesmas práticas erradas.Só quem teve um verdadeiro encontro com Deus sentirá essa necessidade de mudar sua conduta.
   

      3.  Isaías é purificado com uma brasa tirada do altar (vv. 6,7).
   A purificação e a capacitação de que Isaías precisava não poderia ser operada por outro que não o próprio Deus. Ele percebe suas fragilidades e clama por socorro e a purificação é enviada dos céus.
  A mudança que precisamos que seja operada em nossas vidas só ocorrerá se reconhecermos que somos incapazes de operá-la por nossa própria conta. Muita gente pensa que resolverá seus problemas e questões com seu próprio esforço e ficam "dando murro em ponta de faca", tentando vencer sozinho. Precisamos reconhecer as limitações que temos e pedir ajuda dos céus, pois Deus é poderoso para realizar em nós uma purificação tal que torne até aqueles pecados que sejam vermelhos como carmesim, brancos como a pura lã (Is 1:18).
 
    4.Depois de ser purificado, Isaías pôde responder ao chamado de Deus (Is 6:8).

  • Ele foi impactado de modo a mudar de vida. O homem que antes estava achando que ia perecer, agora responde: eis-me aqui,envia-me a mim. Se antes ele não estava pronto para estar diante de Deus, agora está pronto para servir. Algumas pessoas, infelizmente, não conseguem avançar na vida espiritual. Permanecem no estágio onde se sentem completamente incapazes e não conseguem chegar ao estágio da prontidão para o serviço. Vivem se sentindo inferiores e incapazes, esquecendo-se de que quem capacita é Deus. Isaías não ficou apenas no reconhecimento de suas fraquezas, ele se permitiu ser tocado por Deus e se prontificou para serví-lo.
  • A tarefa não seria fácil, Deus deixa bem claro que o povo era de duro coração e que sua mensagem não seria bem aceita, antes seria rejeitada (Is 6:9,10). Mas agora Isaías conhecia o Senhor e não declinaria de sua missão. Mais tarde, ele faz declaração da fidelidade desse Deus que se deu a conhecer a ele: "Os que esperam no Senhor renovarão as sua forças" (Is 40:31)"Operando Deus quem impedirá?"(Is 43:13); "Deus trabalha para os que nele esperam" (Is 64:4). Independente das dificuldades do ministério, Isaías queria servir a Deus, a visão de sua glória o constrangeu a entregar mais de si mesmo pra Deus.
   A história do chamado de Isaías nos revela que quando temos uma visão da grandeza de Deus, sentimos arder dentro de nós um desejo urgente de entregarmo-nos a ele sem reservas, sem temer as dificuldades que possam sobrevir, pois se é Ele quem está chamando podemos confiar que estará no controle de tudo, mesmo nos momentos mais difíceis.

Deus vos abençoe.

Até.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!