Translate

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Salvos para anunciar as boas novas

 A salvação em Cristo promove a libertação definitiva do domínio do pecado, diferente dos sacrifícios que eram oferecidos no Antigo Testamento em que a morte dos animais oferecia uma liberdade apenas provisória (Hb 10:11).
 O homem, após a queda, perdeu a comunhão com Deus e o pecado passou a exercer controle sobre a humanidade. O sacrifício de Cristo na cruz produz a libertação desse domínio e reconcilia o homem com Deus novamente (Rm 8:1,2).
 Mas, a salvação também tem o propósito de vocacionar para que a obra iniciada por Cristo tenha uma continuidade. A igreja tem como tarefa testemunhar acerca do que Jesus fez, demonstrando amor, justiça, serviço no seu dia a dia.
 A salvação não nos isola, antes capacita-nos para atuar na sociedade na qual estamos inseridos. Fomos escolhidos por Deus para anunciar as boas novas de salvação a todos os homens (IPe 2:9b). Mas, é muito mais do que apenas anunciar palavras, consiste também em promover ações que permitam mudar a realidade de injustiça, violência. A igreja verdadeira é um organismo que não compactua com a corrupção, que ajuda os necessitados, que não busca benefícios próprios, antes tem consciência de que levar a mensagem transformadora do evangelho é sua prioridade e age segundo esse princípio.
 Não podemos agir como os fariseus que discriminavam as pessoas pela classe social, pela raça, pelo gênero. Esses eram meros religiosos, viviam isolados em grupos fechados que não permitiam que o necessitado tivesse acesso a Deus (Mt 23:13). Precisamos ser o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5:13,14) e viver ativamente o evangelho através do nosso testemunho.
Paz e até.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!