Translate

quarta-feira, 30 de abril de 2014

O chamado de um jovem

   "Quando chegaram, Samuel viu Eliabe e pensou: "Com certeza é este que o Senhor quer ungir". O Senhor, contudo disse a Samuel: "Não considere sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração". (I Sm 16:6,7)

   O Primeiro livro de Samuel narra-nos a escolha do primeiro rei de Israel, Saul, e de como sua desobediência fez com que ele fosse reprovado diante de Deus. Era preciso alguém para substituir Saul. Só que não podia ser qualquer um. Essa pessoa deveria ser segundo o coração de Deus (ISm 15: 26,27). É aí que entra em cena um jovenzinho chamado Davi.
   Davi era um jovem pastor de ovelhas. O mais novo de sua casa, uma família de mais 7 irmãos (I Sm 16: 11). Aparentemente, Davi era desprezado dentro de sua própria casa,pois quando sua família recebe a visita do profeta Samuel, todos se reúnem para o sacrifício, mas se esquecem de convidarem Davi para a reunião. 
   Seus irmãos mais velhos eram soldados do exército do rei Saul (I Sm 17: 13). Eram homens de boa aparência, altos, fortes, experimentados na guerra e o próprio Samuel se deixou levar pela aparência dos rapazes. Ao se deparar com o filho mais velho de Jessé, conclui que este seria o escolhido. Porém, recebe uma resposta enfática da parte de Deus: "Eu vejo o coração, Samuel".
   Davi não foi escolhido pelo que aparentava ser, mas sim pelo que Deus viu em seu interior, em seu coração. Hoje em dia vivemos uma supervalorização da aparência e algumas pessoas, por não se enquadrarem dentro dos padrões estipulados pela sociedade, se sentem inferiorizadas, todavia o que realmente importa são os valores que uma pessoa possui no seu interior. 
   Davi, mesmo sendo um humilde pastor de ovelhas, havia aprendido a confiar no Senhor em meio aos momentos difíceis (Sl 23) e isso seria de suma importância para o seu futuro. Talvez ele mesmo não entendesse que aquele tempo no pasto com as ovelhas era um período onde ele estava sendo preparado por Deus. Foi ali que ele travou suas primeiras batalhas contra urso e contra leão (I Sm 17: 34-37). Batalhas que ninguém viu, vitórias que ninguém viu, e que produziram a coragem e a confiança necessárias para travar batalhas ainda maiores posteriormente. Em muitas das lutas que enfrentamos, nos sentimos sozinhos, sem ajuda, sem apoio, como se ninguém se importasse. Mas as dificuldades servem para nosso amadurecimento e para nos preparar para enfrentar as adversidades futuras.
   Quando o desafio de enfrentar Golias surgiu, Davi sentiu que estava pronto para isso. Não por sua própria força, não por ser muito experiente, e sim porque sabia que em Deus poderia vencer qualquer desafio: "Você vem contra mim com espada, com lança e com dardos, mas eu vou contra você em nome do Senhor dos exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou" (I Sm 17: 45).
   Não era por ter sido escolhido e ungido para reinar sobre Israel que Davi não teria que enfrentar a batalha. Ser cristãos, ter fé em Deus, não nos exime de termos que agir. Precisamos assumir nossa responsabilidade e agir dentro de nossas possibilidades confiando que em Deus podemos alcançar vitória.

   Paz e até.

15 comentários:

  1. Davi era sem Duvidas homem de coração temente a Deus , obediente e sabia que Deus estaria contigo perante o desafio de Golias, porque aquele que desafia a Deus esta colocando a corda em seu próprio pescoço. Nosso grande Deus é benevolente para com aquele que é justo e que anda em sua Lei, Amem.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Você é a pessoa mais suspeita pra falar, né, Julia?

      Excluir
  3. Nossa que lição mais linda Fernanda...aprendi que .com certeza não importa oque somos por fora...também que nossas dificuldades servem para nos fortalecer ainda mais :) ...parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Danilo. As lutas nos trazem muitos ensinamentos e ajuda-nos no processo de amadurecimento. Graça e paz.

      Excluir
  4. Edificante mensagem , irmã Fernanda. Que a potente mão do Senhor esteja contigo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e que Deus abençoe sua vida grandemente!

      Excluir
  5. Este texto seu falou comigo. Que bênção. Porque eu estou vivendo provas desde que eu conversei com o pastor pra eu ser obreiro. Tenho ficado aflito com algumas coisas que surgiram do nada. Deus tem me sustentado todas as horas de angústia. Afinal, Deus nunca prometeu a nós que não teríamos dias maus, mas ele disse que Ele estaria conosco nesses dias. :D Já estou seguindo seu blog. Que Deus te abençoe e continue te usando como Vaso de Honra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A caminhada cristã é uma jornada de triunfos e vitórias, mas também de dificuldades. Só que essas dificuldades não são nada em comparação com o poder do Deus que nos escolheu. Siga em frente, sempre dependendo de Deus, pois esse é o segredo para conseguir avançar. Abraços!

      Excluir
  6. Paz Fernanda, passei e olhei outros textos são e são muito bons!
    Deus continue a te abençoar e usar na escrita. Estou te seguindo agora, eu vi seu link na UBe.
    Quando puder conheça meu blog, espero que goste.

    http://www.ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

    @Ds83Ezequiel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ezequiel. Vi seu blog e gostei bastante, pois fala muito sobre perseguição aos cristãos, um tema que me interessa bastante. Também já estou seguindo seu blog. Abraços.

      Excluir

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!