Translate

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

A maior esperança

   O desânimo chega na nossa vida sem avisar, sem pedir licença. De repente chega. Às vezes bem no meio de algum projeto legal, de algo que você planejou realizar e até se empolgou no início. E, quando ele chega, traz uma sensação de que o que estamos fazendo não tem sentido e nem produzirá os resultados que esperamos. No início, ah, no início, era só alegria realizarmos o que esperamos tanto pra alcançar, mas o desânimo tem o poder de sugar as nossas forças e tirar todo significado das coisas que amamos fazer.
  Quando Paulo escreve a primeira carta aos tessalonicenses, os irmãos passavam por um período de crise. Eles haviam começado bem a caminhada cristã: "De fato, vocês se tornaram nossos imitadores e do Senhor, pois, apesar de muito sofrimento, receberam a palavra com alegria que vem do Espírito Santo. Assim, tornaram-se modelo para todos os crentes que estão na Macedônia e na Acaia. (I Ts 1:6,7). Mas algo deu errado no meio do caminho. Eles enfrentaram as dificuldades com garra, mas ao se depararam com a morte de seus entes queridos, viram-se incapazes de lidar com a situação e perdeu-se o sentido de tudo o que já haviam suportado. Para eles, não havia esperança para os que morriam antes da manifestação do Senhor Jesus. Essa concepção trouxe muita tristeza. Afinal, e se morressem? Do que teria servido todo sofrimento e fidelidade? O empenho fora logo substituído pela falta de ânimo.
   É em meio a esse turbilhão de sentimentos que recebem a carta do apóstolo Paulo. E nessa carta, Paulo faz uma das declarações mais lindas acerca da volta de Cristo: "Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se entristeçam como os outros que não têm esperança. Se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, cremos também que Deus trará, mediante Jesus e com ele, aqueles que nele dormiram. Dizemos a vocês, pela palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem. Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre. Consolem-se uns aos outros com essas palavras" (I Ts 4:13-18).
   A morte não era o fim. A morte não seria impedimento para que gozassem da alegria de estar com Cristo eternamente. A morte não teria poder para impedir que a promessa de Jesus se cumprisse na vida deles. Ao soar da trombeta de Deus, mesmo a morte terá que sair em retirada.
  A volta do Senhor Jesus é a maior esperança que o cristão pode ter nessa vida. Quando olhamos à nossa volta e só conseguimos ver violência, injustiça, imoralidade, o desânimo parece querer nos pegar de jeito. Mas essa história não acaba assim, o final que Deus 'escreveu' para os seus filhos, não é esse.
  Independente dos motivos que nos levam a desanimar, podemos olhar para o Autor e Consumador da nossa fé e buscar nele o renovo necessário para recomeçar. Ainda há projetos de Deus a serem realizados através de nós e, mesmo que por um momento, não consigamos encontrar força suficiente, Deus renova as nossas forças e nos faz voar como águias. 
   Estamos vivos hoje. Isso é um presente dos céus pra nós. Os problemas e as dificuldades que surgem são oportunidades de aprendizado e podemos tomar a decisão de não nos deixar vencer pelo desânimo e pelo medo do fracasso. A decisão de como enfrentar os obstáculos cabe a cada um de nós. Eles são apenas temporais, o que Deus tem preparado pra nós é pra sempre. Jesus vai voltar!!! 
   Deixo pra vocês um vídeo de Nick Vujicic, que nasceu sem os braços e sem as pernas e poderia ter todos os motivos do mundo pra desistir, mas superou as dificuldades e hoje em dia dá palestras sobre esperança.

video
Paz e até

8 comentários:

  1. A maneira como a pessoa encara as adversidades da vida faz toda a diferença. Se não houvesse as situações desconfortantes na vida será que existiria a palavra luta? clamor? súplica? livramento? proteção? e etc,etc, etc...

    ResponderExcluir
  2. Tudo isso, esse desânimo é apenas passageiro!

    ResponderExcluir
  3. Linda mensagem de esperança, parabéns, que o Sr a abençoe com muita inspiração para falar aos corações sedentos de Cristo. Já sou seu seguidor. Quero lhe convidar, se ainda não é seguidora de meu blog, que seja, pois já copiei o seu URL para indicar o seu blog em postagens posteriores, recomendando aos leitores. Vamos fazer assim? E ajudaremos uns aos outros. Um abraço em Cristo. Pr Flávio

    ResponderExcluir
  4. A Paz do Senhor irmã em Cristo Jesus Fernanda Souza.
    Já estava com saudades dos teus textos! Realmente há momentos que passamos para nos fortalecer nELE e, com confiança nos achegarmos a Deus.
    Como podemos ler em Hebreus:
    Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
    Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
    Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. "Hebreus 4:14-16"

    Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.

    Grande e fraterno abraço.
    do amigo em Cristo
    Pastor Ismael - blog " Aqui eu Aprendi! "

    ResponderExcluir
  5. A paz querida e amada irmã!! É verdade, Jesus é a nossa maior esperança!! Sempre falo com meus filhos aqui em casa, pois 3 deles são jovens, e infelizmente ainda ficam iludidos com este mundo vão e passageiro. Infelizmente muitos cristãos estão pensando somente nesta vida, e não pensam na verdadeira vida, que está por vir. Que você continue esta benção que é. Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, passeando pela Agenda dos Blogs te encontrei. Queria te dizer que já estou seguindo do seu blog, bem como o compartilhei no G+. Também te adicionei no G+. Seu blog é muito interessante. Belo trabalho!
    Quando puder dá uma passadinha no meu blog.
    Abraços
    www.fatoscuriososdahistoria.com

    ResponderExcluir
  7. Sabemos que o desanimo quer nos abater, mas Jesus nos instrui: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16:33 – A adversidade vem, os problemas surgem, e como o exemplo do rapaz do vídeo, há pessoas que vai ter que conviver com o problema, mas isso não significa desanimar, pelo contrário, em Cristo encontramos ânimo e paz, portanto confiemos Nele.

    ResponderExcluir

Adorei sua visita! Deixe seu comentário!